TOP
Image Alt

Ilha da Culatra

Ilha da Culatra

A Ilha da Culatra faz parte do conjunto de Ilhas barreiras que traçam a Ria Formosa

Pertencente ao concelho de Faro (União das Freguesias de Faro – Sé e São Pedro), situada na Ria Formosa, encontra-se em frente à cidade de Olhão, local onde podemos apanhar o barco para chegar até esta Ilha.

A Ilha da Culatra faz parte do conjunto de Ilhas barreiras que traçam a Ria Formosa, juntamente com as Ilhas da Barreta (Ilha Deserta), Armona, Tavira e Cabanas.
Uma Ilha que abriga cerca 1000 habitantes onde, na sua maioria, dedicam-se à vida piscatória e ao turismo.

Esta Ilha é formada por três núcleos populacionais, a própria Culatra, que acolhe um povo predominantemente pescador e mariscador e, na época balnear, muitos turistas e, ainda os Hangares e o Farol, que no verão também se tornam berço para muitos turistas.

Esta Ilha é constituída por uma larga costa com cerca de 6km de comprimento e uma largura que varia entre os 100m a 900m dependente da maré. Ao longo da costa é possível caminhar-se desde a Culatra até ao núcleo do Farol, enquanto apreciamos e, quem sabe, mergulhamos nas suas águas limpas e transparentes.

Conta-se que, inicialmente, esta Ilha servia de refúgio para pessoas com hanseníase (mais conhecido por lepra) e outras doenças contagiosas. Deste modo, diz-se que os sobreviventes formaram então o povo e a cultura Culatrense.

No ano de 1918, devido à 1ª Guerra Mundial, iniciou-se a construção de um Centro de Aviação Naval direcionado para a guerra antissubmarina. Apesar da sua finalidade, este Centro apenas foi utilizado como infraestrutura de apoio ao campo de tiro da marinha que ali se encontrava.

A Culatra tem vindo a desenvolver-se cada vez mais, atraindo assim uma quantidade estrondosa de turistas que trocam as suas cidades por esta Ilha. Dotada de imensos Restaurantes onde podemos provar a comida típica do Algarve, como peixe assado, caldeirada, arroz de marisco ou lingueirão, uma escola que assegura o ensino até ao 6º ano, um centro social, um posto de correios, uma enfermaria e, mais recentemente, uma pista de aterragem para helicópteros.

Ao contrário da Ilha do Farol, a costa da Culatra é um pouco mais distante, demorando-se cerca de 20 minutos desde o local onde se desembarca até à costa.

Se procura paz e tranquilidade, longe do stress da cidade, a Ilha da Culatra é a escolha perfeita. No entanto, se preferir apenas conhecer esta Ilha apenas durante umas horas, pode aproveitar o passeio «Volta às Ilhas» proporcionado pelos Passeios Ria Formosa, deste modo, não acaba por conhecer apenas a Ilha da Culatra como também a Ilha do Farol, dos Hangares e a Ilha da Armona, sendo que é na Culatra que ocorre a paragem para almoço.

Subscreva à nossa Newsletter

    Usamos cookies para oferecer a melhor experiência on-line. Ao concordar, aceita o uso de cookies de acordo com os nossos termos e condições.

    Privacy Settings saved!
    Configurações

    Quando visita qualquer site, pode guardar ou recuperar informação no seu navegador, maioritariamente na forma de cookies. Controle as suas configurações de cookies deste sítio aqui.

    Rejeitar tudo
    Aceitar tudo