Atividades Marítimas - Passeios de Barco na Ria Formosa - Passeio Todo o Dia

Passeio Todo o Dia

  • 7 hora(s)
  • 50€ /pessoa
  • Mapa

Descrição da Experiência

Todo o dia - Indicado para conhecer os canais de água, as ilhas, as vilas, a fauna e flora do Parque Natural.

Neste passeio, levamo-lo(a) a conhecer a Fuzeta, a Barra da Armona e a pitoresca Ilha da Culatra e os Hângares. Paramos para almoçar na Ilha do Farol e depois rumamos à Ilha Deserta, onde fazemos uma pequena paragem antes de regressar à FuzetaÉ o full house, o tudo-em-um, o jackpot que lhe dá de mão beijada a Ria Formosa e as suas ilhas-barreira, num cocktail de natureza, diversão, história, cultura e gastronomia.

 

Itinerário

Itinerário: Fuseta - Reserva do Parque Natural da Ria Formosa - Barra da Armona (paragem de 30min) - Ilha da Culatra - Hangares - Ilha do Farol (paragem de 2h para almoço, preço não incluído) - Ilha Deserta (paragem de 30min) - Fuseta

Fuzeta: Inicialmente era um aglomerado de cabanas onde os pescadores guardavam os utensílios ligados à pesca. Foi inicialmente conhecida por “Fozeta” (diminutivo de foz) devido ao facto de ali desaguar o ribeiro do tronco. Deste facto deriva o nome actual da vila.
É hoje uma vila com cerca de 1900 habitantes, e com elevada utilização sazonal das habitações. Ainda conserva muitas habitações características desta zona do Algarve, de forma cúbica, rematadas por açoteias e chaminés de balão. Até 2010 existia um conjunto de casas de utilização não permanente na ilha da Fuzeta. Mas as tempestades do Inverno desse ano destruíram todo o casario, que se encontrava localizado numa zona com elevada vulnerabilidade a galgamentos. Na ilha, agora, existem apenas alguns snack-bares abertos no Verão.
A atividade principal continua a ser a pesca e os seus derivados, mas a proximidade das praias e da Ria tem levado ao aumento do sector turístico. O parque de campismo acolhe centenas de visitantes no Verão, tal como hotéis e residenciais que envolvem a vila.

llha da Culatra: Possui 7km de comprimento. A população inicial veio , perto de 1880, de vilas vizinhas e dedicava-se à pesca por armações para a pesca de sardinha. A ocupação, atualmente com cerca de 1000 habitantes e 350 casas, deu-se neste local por ser uma zona estratégica relativa à pesca. Habitavam casas com paredes de madeira e telhados de colmo.

Hangares: O aglomerado existente deve-se à antiga base da Aviação Naval Portuguesa, com hidroaviões para vigiarem a costa. Tinham dois hangares (grandes galpões) que deram nome ao local. Da base restam apenas vestígios das fundações dos hangares. O povoamento de Hangares é ainda reconhecida por ter uma capela, a de Nossa Senhora do Rosário dos Hangares.

Farol: O farol foi construído em 1851, e deu nome ao aglomerado de casas que se desenvolveu mais tarde em volta. Tem hoje um elevado índice ocupacional, mas bastante sazonal. É uma povoação de pescadores constituída por casas modestas, ruelas de areia e alojamento para féria virados para a ria. O turismo é atualmente um dos recursos.

llha da Barreta ou Deserta: Possui 8 km de comprimento e de 70 a 700 m de Largura. Tem baixa ocupação antrópica. A oriente existem dois pequenos aglomerados de cabanas de arrumos de  pescadores junto à laguna, restaurante e concessão de praia, junto à Barra Faro-Olhão. Tem um passadiço de madeira, que percorre o lado da Ria e termina no areal da costa marítima.

Pontos de Interesse

  • Igreja Matriz da Fuseta

  • Antigo Edifício de Socorro a Náufragos

  • Porto de Pesca da Fuseta

  • Zona Ribeirinha

  • Salinas

  • Torre de Bias

  • Viveiros de ostras, berbigão e amêijoa

  • Praia da Ria

  • Praia da ilha da Fuseta

  • Barra natural

  • Praia do Homem Nú

Coordenadas:

Aluguer Barco Casa Reserve Agora